Matadores de Índios: como agem os neo-bugreiros no sul do Brasil

Bugreiros é o nome pelo qual ficaram conhecidos os indivíduos especializados em atacar e exterminar indígenas brasileiros e que eram contratados pelos colonos imigrantes e pelos governos provinciais do Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O termo se origina da palavra bugre, como eram conhecidos pejorativamente os indígenas do sul do Brasil. Atualmente eles continuam agindo com outras armas. Entenda como pensam e o que fazem os neo-bugreiros. Você sabe por que indígenas foram chamados de bugres? (…)

Ler Artigo →

Em ato de racismo, indígenas são expulsos de ônibus de viagem

Por conta do preconceito de uma mulher que não queria viajar ao lado dos indígenas, quatro Kayapós que saíam do Encontro de Culturas Tradicionais na Chapada dos Veadeiros foram obrigados a descer do ônibus que os levaria de volta para Palmas (TO) e acabaram largados no meio da rodovia; organização do evento estuda processar a passageira e a companhia responsável. (…)

Ler Artigo →

Ruralistas na mira da Justiça: causador de câncer glifosato é agrotóxico mais usado na soja e trigo

Agrotóxico mais vendido no Brasil, o glifosato pode estar relacionado ao aparecimento de doenças como câncer, depressão, Alzheimer, diabetes, autismo e mal de Parkinson, conforme o parecer técnico N. 01/2015, produzido por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O herbicida e outros cinco ingredientes estão na lista de agrotóxicos que devem passar por reavaliação toxicológica até setembro, conforme determinado pela Justiça Federal no dia 25 de junho deste ano. (…)

Ler Artigo →

PEC 71: Márcio Santilli, filósofo e ex-Deputado, analisa o bem e o mal das indenizações de títulos em Terras Indígenas

O objetivo central da proposta é estabelecer o princípio da indenização para títulos legítimos incidentes nas demarcações pendentes, resgatando o direito histórico, embora não originário, dos seus proprietários, facilitando a conclusão do processo demarcatório e restabelecendo as condições de vida de terceiros afetados e, assim, reduzindo os conflitos atualmente existentes. Porém (…)

Ler Artigo →

Saída de Eduardo Cunha da Presidência da Câmara beneficiará indígenas e indigenistas

Após a avalanche de acusações de pagamento de propina ao atual Presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sua saída do cargo é a cada dia mais inevitável. Para os Povos Indígenas a queda de Cunha será um alívio. Ele foi eleito presidente da Casa com apoio da Bancada Ruralista e, até hoje, faz tudo que o agronegócio manda. (…)

Ler Artigo →