Deputado Federal propõe CPI para investigar ataques de pistoleiros contra indígenas

ZecadoPTO conflito indígena que ocorre no Estado passou a fronteira da Assembleia Legislativa e gerou discussão na Câmara Federal entre os deputados sul-mato-grossenses Tereza Cristina (PSB), que compõe bancada ruralista, e o ex-governador Zeca do PT. Isso porque o petista foi à tribuna da Comissão de Agricultura, na tarde desta quarta-feira (23), sugerir a criação da ‘CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Genocídio Indígena’.

A proposta seria espécie de resposta ao pedido de CPI do CIMI aprovada na Assembleia Legislativa e tem como propositora da deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB). Antes da aprovação a bancada do PT se colocou contra a investigação e chegou a protocolar dois requerimentos questionando o objeto da apuração. Mas, por fim, acabou cedendo e, inclusive, indicou Pedro Kemp como integrante.

Em Brasília o assunto também gerou polêmica. “Na semana passada mais uma liderança indígena foi baleada, agora no município de Iguatemi. Eu me reuni com nossos deputados e propus, que eles apresentassem a criação da CPI do Genocídio praticado pela pistolagem. Porque estão contratando pistoleiros a rodo para atacar aqueles, que legitimamente lutam por sua terras tradicionais, os indígenas”, afirmou Zeca.

Fonte: Midiamax

Anúncios

Queremos sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s