CPI Funai: Ruralistas querem criminalizar indígenas e servidores

AlmadeAlceu-1

Nova estratégia dos Ruralistas que coordenam a CPI da Funai e Incra é criminalizar antropólogos, servidores federais indigenistas e lideranças indígenas. A maior parte delas é referente às diligências ocorridas no Rio Grande do Sul, onde Alceu Moreira (PMDB-RS) e Luiz Carlos Heinze (PP-RS) mantém a população amedrontada disseminando na imprensa local que “irão perder suas terras para indígenas”.

Nos requerimentos apresentados a serem analisados no dia 6 de abril, quarta feira, há várias solicitações de aberturas de investigações policiais, denúncias sobre ação de servidores e indígenas.

Veja abaixo a lista:

Ordem do Dia nas Comissões

 

CPI – FUNAI E INCRA
55ª Legislatura – 2ª Sessão Legislativa Ordinária

 

PAUTA DE REUNIÃO ORDINÁRIA EM 6/4/2016   – C O N F I R M A D A

 

Deliberação de Requerimentos

 

Requerimentos

1 – REQ 211/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, ao Delegado Chefe da Delegacia do Departamento de Polícia Federal de Passo Fundo/RS, de instauração de Inquérito Policial nos termos que especifica”.

 

2 – REQ 212/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de remessa de OFÍCIO à Ordem dos Advogados do Brasil, para que tome conhecimento da atuação irregular dos Procuradores Federais FLÁVIO CHIARELLI e GUILHERME MAZZOLENI, adotando, por conseguinte, as medidas pertinentes”.

 

3 – REQ 213/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, à Advocacia Geral da União, de instauração de procedimento disciplinar a apurar irregularidade na atuação irregular do Procuradores Federais Flávio Chiarelli e Guilherme Mazzoleni”.

 

4 – REQ 214/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, ao Delegado Chefe da Delegacia do Departamento de Polícia Federal de Passo Fundo/RS, de instauração de Inquérito Policial nos termos que especifica”.

 

5 – REQ 215/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, ao Delegado Chefe da Delegacia do Departamento de Polícia Federal de Passo Fundo/RS, de instauração de Inquérito Policial nos termos que especifica”.

 

6 – REQ 216/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, ao Delegado Chefe da Delegacia do Departamento de Polícia Federal de Passo Fundo/RS, de instauração de Inquérito Policial nos termos que especifica”.

 

7 – REQ 217/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, ao Delegado Chefe da Delegacia do Departamento de Polícia Federal de Passo Fundo/RS, de instauração de Inquérito Policial nos termos que especifica”.

 

8 – REQ 218/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, à Promotoria de Justiça de Getúlio Vargas, Rio Grande do Sul, para instaurar procedimento apuratório nos termos que especifica”.

 

9 – REQ 219/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer que seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de remessa de OFÍCIO, solicitando ao Governador do Estado do Rio Grande do Sul a adoção de providências da alçada da Secretaria de Segurança Pública daquele Estado em áreas de conflito fundiário”.

 

10 – REQ 220/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, à Dra. ALESSANDRA QUINES CRUZ, Defensora Pública do Estado do Rio Grande do Sul/Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos, da remessa de informações e documentos nos termos que especifica”.

 

11 – REQ 221/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, ao Sr. MARCELO VEIGA, servidor do Ministério da Justiça, da remessa de informações, quando na condição de Assessor Especial do Ministro da Justiça nos termos que especifica”.

 

12 – REQ 222/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer que seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de remessa de OFÍCIO, solicitando ao Diretor Geral do Departamento de Polícia Federal estudo visando à criação da Delegacia de Polícia Federal em Erechim/RS”.

 

13 – REQ 223/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, ao Juízo Federal da Subseção Judiciária de Erechim/RS, do fornecimento de informações nos termos que especifica”.

14 – REQ 224/2016 CPIFUNAI => RCP 16/2015 – do Sr. Alceu Moreira – (RCP 16/2015) – que “requer seja submetido à deliberação do Plenário desta Comissão Parlamentar de Inquérito o pedido ora formulado de REQUISIÇÃO, ao Presidente da PROSUL – Projetos Supervisão e Planejamento Ltda., de informações e documentos nos termos que especifica”.

Anúncios

Uma resposta para “CPI Funai: Ruralistas querem criminalizar indígenas e servidores

Queremos sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s