Por votos na Câmara, Temer entrega Terras Indígenas regularizadas após 1993

1068245-1_-_07-03-2017_vac-9457

Michel Temer (PMDB-SP) ameaça o direito dos Povos Indígenas à suas Terras Tradicionalmente demarcadas, em troca de votos de deputados ruralistas na Câmara dos Deputados.

O presidente sem votos, que assumiu o governo após um golpe parlamentar, anuncia aos ruralistas que entregará as Terras Indígenas regularizadas após 1993 para revisão dos processos. Esta ameaça representa um ataque direto aos Direitos Indígenas.

A Constituição de 1988 definiu que em cinco anos (1993) deveria regularizar todas as Terras Indígenas no Brasil, porém com processos demorados e a falta de estrutura da Funai, a demora chegou a 20 ou 30 anos.

Com o desejo de aprovar as reformas Trabalhista e da Previdência no Congresso, Temer se compromete a alterar o Decreto 1.775 de 1996, que dispõe sobre o procedimento administrativo de demarcação das terras indígenas, e a Portaria 14 do Ministério da Justiça que define as informações que um Relatório de Identificação de Terras Indígenas deve conter.

A ânsia dos ruralistas é que o marco temporal de 88 seja instituído para todas as Terras Indígenas, possibilitando a demarcação apenas de áreas que comprovem juridicamente a presença indígena na data de 5 de outubro de 1988.

Organizações indígenas e indigenistas de todo Brasil não aceitarão este ataque e juntam-se a movimentos #ForaTemer.

Anúncios

3 Respostas para “Por votos na Câmara, Temer entrega Terras Indígenas regularizadas após 1993

  1. Pensar que iríamos um dia defender o decreto 1775… a portaria 24…
    Triste e revoltante, ao mesmo tempo…
    Indicativo que o pior está por vir.
    Mêdo!
    Mas…Brasil
    …verás que uma/o fiha/o teu não foge à luta…”

    Curtir

  2. Só agora se juntam ao Fora Temer? Por isso, que a direita avança a passos largos. Até que não lhe arrancam algo específico acham que a luta é dos outros. E assim vai…

    Curtir

  3. Precisamos renovar a classe política do Brasil. Desde a falada independência no seculo XIX, a atistocracia mantém seus objetivos coloniais. Chega de colonialismo.

    Curtir

Queremos sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s