PSDB disputa Funai e cria factoides

Com as estratégias de se manter no poder após a derrubada pelo parlamento da presidenta Dilma Rousseff (PT), Michel Temer (PMDB) entrega instituições para partidos disputarem. A Fundação Nacional do Índio, mais uma vez, entra no jogo e fica entre PSC (Partido Social Cristão) e o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira).

A disputa se apresenta desta vez com o Diretor de Administração e Gestão (DAGES) da Funai, Francisco Ferreira, que já escreveu documento ao Ministro da Justiça “reclamando” de servidores indigenistas, ONGs e acusando indígenas e suas organizações, como a APIB. Francisco José Nunes Ferreira, que é filiado ao PSDB do Ceará (mesmo partido de Aloysio Nunes Ferreira, atual ministro das Relações Exteriores do Brasil, subserviente aos EUA), e agora conta com ajuda da mídia de direita para golpear o atual presidente da Funai, Franklimberg de Freitas (PSC), e tenta ocupar seu lugar à pedido do partido.

O site que vêm perseguindo Franklimberg pertence a Diogo Mainardi, playboy que vive em Veneza, Itália, e recebe propinas de transações do PSDB para criar notícias falsas e colocar brasileiros contra brasileiros.

oantagonista

 

Deputados Federais como Nilson Leitão (PSDB-MT) já anunciaram sua posição de abocanhar a Funai, retirando o PSC, e paralisá-la mais do que já está. A solicitação de saída de Franklimberg se deve pelo General buscar manter a Funai em funcionamento e não aceitar as pressões dos ruralistas que querem impedir o andamento de processos de identificação de Terras Indígenas.

A nova investida ruralista é dividir o Movimento Indígena brasileiro e colocar indígenas contra indígenas. Desde que iniciaram as propostas de regularizar o arrendamento (ou parcerias) para exploração da soja transgênica em solo de Terras Indígenas, que é destinado a usufruto exclusivo indígena pela Constituição Federal de 1988, artigo 231, algumas lideranças vêm se posicionando contrariamente às organizações indígenas que são defensoras de seus direitos.

Os argumentos de acusação são similares aos discursos de deputados e senadores ruralistas, citando “ONGs internacionais” e “bolivarianismo”, também reproduzidos por Diogo Mainardi no seu site. A CPI da Funai após anos de inquérito não construiu prova alguma contra o indigenismo brasileiro, reconhecido em todo o mundo, e apenas criou um clima de tensão que agora aparece em nova etapa com a disputa pela presidência da Funai por partidos golpistas.

Anúncios

Uma resposta para “PSDB disputa Funai e cria factoides

  1. Pingback: Rolo compressor da bancada ruralista atropela general na Funai - Amazônia Real·

Queremos sua opinião.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s