Governo golpista infiltra militar na Funai

Franklimberg Ribeiro Farias é do Comando Militar da Amazônia e ligado ao Partido Social Cristão (PSC), cujo presidente é o Pastor Everaldo Pereira. Aos que ficam em dúvidas sobre a indicação, Frankilmberg é do mesmo partido de Bolsonaro e Pastor Feliciano, da Bancada da Bala e Evangélica, e tem vários deputados da Bancada Ruralista.

Documentos de organizações indígenas e indigenistas devem seguir aos montes para a Casa Civil exigindo a exoneração de Franklimberg.

Ler Artigo →

CPI Funai: Ruralistas querem criminalizar indígenas e servidores

Nova estratégia dos Ruralistas que coordenam a CPI da Funai e Incra é criminalizar antropólogos, servidores federais indigenistas e lideranças indígenas. A maior parte delas é referente às diligências ocorridas no Rio Grande do Sul, onde Alceu Moreira (PMDB-RS) e Luiz Carlos Heinze (PP-RS) mantém a população amedrontada disseminando na imprensa local que “irão perder suas terras para indígenas”. (…)

Ler Artigo →

CPI da Funai: ruralistas pressionarão pela indenização de terra nua

“O que está por trás dessa CPI é a intenção de limitar ou acabar com os instrumentos para a implementação dos direitos indígenas e dos quilombolas, como o laudo antropológico, que os ruralistas querem acabar”, afirmou o deputado Nilto Tatto (PT-SP) (…)

Ler Artigo →